IMG-LOGO
LOGO
Covid

Secretaria Municipal de Saúde de Panambi demonstra preocupação pela baixa procura da vacina

Secretaria Municipal de Saúde de Panambi demonstra preocupação pela baixa procura  da vacina
Secretaria Municipal de Saúde de Panambi demonstra preocupação pela baixa procura para completar o esquema vacinal

A equipe gestora da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), fez um levantamento junto a Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica do município e constatou que tem armazenado o quantitativo de 2.720 doses da vacina contra a Covid-19.
A pedido do prefeito Daniel Hinnah está sendo feita a divulgação e estímulo para que a população complete o esquema vacinal, já que em Panambi, assim como no restante do mundo, as campanhas de vacinação reduziram drasticamente os índices de contágio, internação e óbitos.
A grande preocupação é que estas doses armazenadas tem data de validade, ou seja, estarão em breve vencendo, caso não sejam utilizadas deverão ser descartadas, o que além do desperdício de recurso público, demonstram a falta de adesão de uma parcela significativa da comunidade que infelizmente não buscou a dose de reforço, disponibilizada.
Cabe lembrar que, conforme a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o esquema vacinal primário é aquele que contempla duas doses contra a Covid-19, já o esquema vacinal completo/atualizado no caso de adultos (18 anos ou mais) além das duas doses ou dose única (da vacina Janssen), também deve ser administrada a dose de reforço no prazo oportuno do intervalo de 4 meses após aplicação da 2ª dose. Com exceção dos adolescentes (12 a 17 anos) e crianças (5 a 11 anos) cujo esquema vacinal é considerado completo quando receberam as duas doses. Também os idosos acima de 60 anos já tem o direito de buscar a 4ª dose , a contar do intervalo de 4 meses da administração da 3ª dose.
A preocupação externada pela SMS, confirma-se uma vez que 30% dos profissionais de saúde não fizeram a dose de reforço. Este percentual aumenta quando se tratam dos profissionais da educação, sendo que 57% destes profissionais ainda não buscaram completar o esquema vacinal. Outra situação que deve ser observada é que apenas 41% das crianças de 5 a 11 anos fizeram a 2ª dose, ou seja, completaram o esquema vacinal indicado para esta faixa etária.
A SMS apresenta no quadro abaixo a situação atual das doses administradas no município, confirma-se que o percentual (38,90%) da dose de reforço está abaixo do índice estadual, que está em 57,78% e no Brasil o percentual está em 56,39%, isto considerando a população vacinável 18 anos ou mais.
Pop. IBGE/Vacinável                        43.667        Percentual imunizado
--------------------------------------------------+-------------+--------------------------------
Vacinas aplicadas 1ª dose                        34.594          79,22%
Vacinas aplicadas 2ª dose                        33.090           75,78%
Dose Única                                        1.115             2,55%
Segunda dose + Dose única         34.205           78,33%
Dose de Reforço/Adicional 4ª Dose        16.985           38,90%
Total =                                                        85.784           196,45%
Portanto, a Administração Municipal através da SMS, convoca as pessoas que ainda não fizeram a sua dose de reforço, que façam o mais possível, respeitando evidentemente o intervalo de 4 meses.
Para o Prefeito Daniel Hinnah e o Secretário Romário Heitor Malheiros, é imprescindível que a comunidade atenda o chamamento para proceder a imunização, pois assim será possível continuar sem internações hospitalares, bem como evitar óbitos, sendo que nos meses de abril e maio não ocorreram óbitos em Panambi, lembrando que, infelizmente, nossa cidade contabilizou 137 óbitos, decorrentes da Covid-19.

Compartilhe: